Hoje
Máx C
Mín C

Plataforma virtual "Redes para o desenvolvimento"

Decorreu, no passado dia 5 de maio de 2011, nas instalações do ISCSP – Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas, da Universidade Técnica de Lisboa, o lançamento da plataforma virtual “Redes para o Desenvolvimento que é já composta por 14 Municípios portugueses.

Este ato contou com a presença do Exmo. Sr. Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, o Professor Doutor João Gomes Cravinho e de representantes dos diversos parceiros de projeto.

A partir deste momento é já possível aceder a esta plataforma e obter informação especifica, não apenas no que respeita a linhas de financiamento disponíveis para a cooperação Norte Sul mas, obter, também, informação e troca de experiências sobre o que de melhor se faz em matéria de cooperação para o desenvolvimento.

A Câmara Municipal da Marinha Grande, enquanto parceiro principal do projeto, está já registada na plataforma.

Título do Projeto:

“Redes para o Desenvolvimento: Da geminação a uma cooperação mais eficiente”

Países Parceiros/Região:

Portugal, Alemanha e Espanha (sobretudo região da Galiza)

Setor:

Cooperação Descentralizada (CD) / Cooperação Intermunicipal

Linha de Financiamento CE:
  • NSA and LA in Development
  • Coordination, cooperation and networking activities among European organisations in the area of development
  • Ref.: EuropeAid/127766/C/ACT/Multi
Proponente:
  • Instituto Marquês de Valle Flôr
Parceiros:
·         Portugal
    • Câmara Municipal de Loures
    • Câmara Municipal da Marinha Grande
·         Alemanha
    • Fine+p - Forum für international entwicklung + planung (ONG - Fórum para o desenvolvimento internacional e planeamento)
·         Espanha
    • Fondo Galego de Cooperación e Solidariedade
    • InstitutoGalego de Análise e Documentación Internacional (IGADI)

 


Projeto - "Redes para o Desenvolvimento"

Título do Projecto 

Redes para o Desenvolvimento: Da geminação a uma cooperação mais eficiente

País/Região: 

Portugal, Alemanha e Espanha (sobretudo região da Galiza

Sector: 

Cooperação Descentralizada (CD) / Cooperação Intermunicipal

Linha de Financiamento CE: 

NSA and LA in Development Coordination, cooperation and networking activities among European organisations in the area of development

Ref.: EuropeAid/127766/C/ACT/Multi 

Proponente: 

Instituto Marquês de Valle Flôr

Parceiros:

  • Portugal

    • Câmara Municipal de Loures
      • Autoridade Local

 

Câmara Municipal da Marinha Grande
Autoridade Local

Fine+p - Forum für international entwicklung + planung (Alemanha)
(Fórum para o desenvolvimento internacional e planeamento)
Organização Não Governamental
Fondo Galego de Cooperación e Solidariedade » Instituto Galego de Análise e Documentación Internacional (IGADI) (Espanha)
Associação sem fins lucrativos 

Duração: 

1 de Junho de 2010 a 31 de Maio de 2013(36 meses)

Calendário Previsto:

1ª fase de Junho de 2010 a Maio de 2011;
2º fase de Junho de 2011 a Maio de 2012;
3ª fase de Junho de 2012 a Maio de 2013.

Objectivo da Intervenção:

Objectivos Gerais: 
(i) Promover sinergias entre projectos de cooperação internacionais como estratégia eficaz para a redução da pobreza e para o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio; 
(ii) Promover novos canais de comunicação entre autoridades locais a nível nacional e internacional, contribuindo para a Boa Governação a nível local.

 

Objectivo Específico: 
Reforçar o papel das autoridades locais portuguesas e alemãs enquanto agentes activos de cooperação para o desenvolvimento.
Redes para o Desenvolvimento: Da geminação a uma cooperação mais eficiente.
Projecto co-financiado pela Comissão Europeia - Junho de 2010 a Maio de 2013

Grupo Alvo:

Directos:
15 Autarquias (10 Portuguesas e 5 Alemães):
10 Presidentes e 10 Vereadores de AL Portuguesas;
5 Presidentes e 5 Vereadores de AL Alemãs;
30 Técnicos Autárquicos (20 de AL portuguesas e 10 de AL Alemãs) responsáveis pela implementação de iniciativas descentralizadas de cooperação para o desenvolvimento;
Respectivos serviços municipais;
20 Actores Não Estatais dos vários municípios portugueses;
40 ONGD portuguesas.
Outros stakeholders directamente envolvidos na acção:
40 Municípios Espanhóis;
80 Actores Não Estatais Espanhóis e Alemães.