Hoje
Máx C
Mín C

Exposição “Guilherme Correia - Retrospetiva”

2017/04/15 a 2017/06/10
Local:
Galeria Municipal da Marinha Grande (Edifício dos Arcos, junto ao Jardim Stephens)
Guilhermecorreia2017 site1 1 728 2500

A Galeria Municipal da Marinha Grande, situada no Edifício dos Arcos, junto ao Jardim Stephens, tem patente a exposição “Guilherme Correia - Retrospetiva”. A entrada é livre.

A exposição pretende ser uma mostra retrospetiva da obra do pintor marinhense Guilherme Correia, seguindo-se à inauguração a realização de um jantar de homenagem ao pintor, no Auditório do Edifício da Resinagem, aberto a todos os interessados que se queiram inscrever previamente no Restaurante Tasca Nova, através do telefone 244031490 ou 914275710, até ao dia 13 de abril.

A exposição “Guilherme Correia - Retrospetiva” reúne um conjunto de obras reveladoras da extensão, variedade, qualidade e das técnicas utilizadas, como desenho, desenho aguarelado, aguarela sobre papel, guacho, capa de livros, ilustração em livros, cenografia, pintura e gravura mural, pintura em vidro, mobiliário e vestuário.

A mostra propõe ao visitante a observação direta das obras e pontualmente recorrendo a documentação fotográfica, sendo abordados os temas: trabalho vidreiro, paisagem marítima, paisagem florestal, paisagem urbana e edifícios, retratos, pescadores, ilustração de lenda local, flores, temas e tipos populares, luta social, pintura sobre vidro, mobiliário, vestuário, cartazes, cenografia, capa de livros, ilustração em livros, autocolantes, catálogos de exposições, rótulo (desenho) para pintura em vidro.

Guilherme Correia nasceu na Marinha Grande, em 1923, filho de Matilde Oliveira Correia e do artista plástico João Pereira Correia e irmão mais novo do escultor Joaquim Correia.

Frequentou a escola primária na terra natal e, mais tarde, a Escola Domingos Sequeira, em Leiria. Foi aluno de desenho dos professores e artistas plásticos, Narciso Costa, Luís Fernando, e Miguel Bárrias.

Candidatou-se ao exame de acesso à Escola de Belas Artes do Porto mas, com a morte do pai, João Pereira Correia, teve de abdicar dos estudos para ir trabalhar, sucedendo-lhe na direção da Secção de Pintura na Fábrica da Companhia Industrial Portuguesa (CIP), na Marinha Grande.

Dirigiu as Secções de Desenho na Fábrica VICRIS e na Fábrica Santos Barosa. Colaborou na organização da Iª Exposição das Indústrias do Concelho da Marinha Grande, com Horácio Eliseu e Camilo Korrodi.

Colaborou na organização e expôs na I Bienal de Artes Plásticas da Marinha Grande, em 1996. Desenhou o desdobrável comemorativo dos 250 anos da Indústria Vidreira na Marinha Grande, dois anos depois.

Em 2008, foi homenageado pela Comissão Organizadora da 7ªBienal de Artes Plásticas da Marinha Grande e colaborou na organização e expôs na II Bienal de Artes de Leiria.

Expôs em vários pontos do País e no estrangeiro. Está representado em diversas coleções particulares e organismos oficiais, no País e em vários continentes.

A exposição pode ser visitada de 15 de abril a 10 de junho, de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. A entrada é gratuita.

Horário:

Segunda a sexta-feira, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Preço:
0,00 €